10 pontos turísticos para visitar em Paris

Paris é a cidade luz, queridinha dos casais, cheia de ruas escondidas, arquitetura impressionante, cafés e alta gastronomia por todo lado, pontes lindíssimas, o rio Sena, igrejas centenárias, museus incríveis, parques com pessoas tomando sol e fazendo pique-nique, uma grande malha de transporte urbano, avenidas largas e um número exorbitante de turistas.

Certamente é o destino dos sonhos de muita gente, mas tenho certeza que, se você visitar Paris por 100 vezes, ainda não conhecerá 100% dos seus pontos turísticos. Claro, alguns são mais óbvios, mas Paris, ah, pessoal, Paris é a minha cidade preferida no mundo.

Tive a oportunidade de visitar essa cidade algumas vezes (muitas, na verdade 🙂 ) e, talvez por isso, muitos amigos me pedem dicas de roteiro por lá. Resolvi então, finalmente, listar 10 pontos turísticos para visitar em Paris.

É uma missão quase impossível escolher 10! Por mim colocaria aqui informações sobre uns 1000, mas daí ficaria um post infinito… Para sair do lugar comum e diferenciar um pouco este post das outras centenas de blogs e revistas que falam sobre os mesmos pontos turísticos, resolvi diversificar e escolher alguns para viajantes avançados hehehe.

Então vamos lá!

1. Tour Eiffel

Certeza que você vai pensar: ah… diz que vai diferenciar, mas começou justamente pela torre? O ponto mais manjado de Paris… Sim! Sem dúvida alguma eu começo por ela, linda, majestosa, brilhando dia e noite (literalmente), no céu da cidade do amor. Te explico: não consigo ir à Paris e não olhar para a torre todas as vezes que cruzo o Sena e tenho que chegar bem pertinho dela pelo menos uma vez. Não sei explicar o motivo, mas parece que se não faço isso, não visitei Paris. Agora algumas dicas importantes: você consegue chegar na Torre por duas estações de metrô (Pont de l’Alma ou Champ de Mars), mas eu recomendo muito que a sua primeira visita à torre seja da seguinte forma: desça no metrô Invalides, saia na Rue de l’Université e ande uns 300m para a direita (no sentido da torre), vire à esquerda na Avenue Rapp, vire à direita na Rue de Monttessuy. Ande mais alguns metros e vire à direita na avenue de la Bourdonnais. A torre aparecerá, quando você menos esperar, do seu lado esquerdo, por entre os predinhos. Linda e imponente! É de arrepiar!

2. Confeitarias

Agora você pensa: sério? Desde quando confeitaria é um ponto turístico? Te respondo: desde quando você chegar em Paris. Sim, tem aos montes e estão em todos os bairros e todas as esquinas. Uma melhor que a outra. Mas vou listar aqui as que mais gosto: Hugo et Victor, Pâtisserie des Rêves, Angelina, Pierre Hermé, Philippe Gosselin, L’Éclair de Génie, Jacques Genin, Gérard Mulot, Jean-Paul Hévin e Patrick Roger. Acredite, guarde espaço para provar muitos doces deliciosos por lá!

3. Le Jardin du Luxembourg

Um parque gigantesco, praticamente no centro de Paris, no 6˚ arrondissement. Lá está localizado o Senado Francês, no Palácio que é uma réplica do Palácio Pitti italiano, construído no século XVII a pedido de Maria de Médicis. Tem alguns lagos, locais para pique-nique, jardins floridos, árvores e plantas lindamente podadas, um coreto onde acontecem algumas festividades, quadras de tênis, basquete e de bocha, esculturas, a fonte de Médicis e muita área verde que é muito aproveitada por moradores locais e também por turistas. Uma delícia a qualquer hora do dia!

4. Rue Mouffetard

Situada no 5˚arrondissement, muita gente acha que a Rue Mouffetard perdeu seus dias de glória. Eu sou contra. Acho uma rua/região extremamente charmosa, com excelentes opções gastronômicas, um mercado de rua sensacional, com queijaria, açougue, frutaria, peixaria com produtos de ótima qualidade e com bons restaurantes (sim, alguns bem turísticos, mas outros, nem tanto). A dica de ouro: vá às segundas-feiras que é quando você vai encontrar uma feira de rua lá no fim da rua (na parte de baixo) completa e bem tradicional! Ali também tem alguns restaurantezinhos que valem mais a pena do que os da parte de cima.

Minha sugestão: você pode fazer o passeio de duas maneiras. Pode descer na estação de metrô Place Monge e já comer um crepe bem tradicional e disputadíssimo no Au P’tit Grec (chegue bem cedo para evitar filas; bem cedo mesmo) antes de descer a rua e pegar o metrô Censier-Daubenton. Ou fazer o sentido inverso e comer lá por baixo no Les Cinq Bistrô. De qualquer forma, eu sempre sugiro ir próximo da hora do almoço para você provar diversas gostosuras por lá! Se escolher esse segunda forma de visita, você pode emendar com uma visita ao Pantheón e ao Jardim de Luxemburgo, na sequência, já que não ficam muito longe dali.

5. Palais Royal

Mais um ponto turístico que você pode relaxar antes ou depois de um bom passeio por Paris, o Palais Royal abriga órgãos governamentais e não está aberto a visitas, mas seus jardins podem e devem ser visitados. Das lindas colunas de Daniel Buren, passando pelas esculturas de Pol Bury e as árvores e arbustos lindamente podados, você pode tirar fotos sensacionais, descansar pelos bancos ou simplesmente admirar a arquitetura impressionante de Lemercier, encomendada pelo cardeal Richelieu no século XVII.

E a dica de ouro: ele fica coladinho no Louvre e está lotado de bons cafés e restaurantes ao redor. Vale muito a pena a visita. O melhor acesso por ali é a estação de metrô Palais-Royal-Musée du Louvre.

6. Ópera Garnier (Palais Garnier)

Esse, para mim, é um dos prédios mais lindos de Paris. Não consigo explicar, mas estar diante dele me causa um sentimento de emoção intenso! Parece que já estive por lá em algum outro tempo distante… Foi fundado em 1861 e é o 13˚ teatro a abrigar a Ópera de Paris. Você consegue conhecer os bastidores do palácio agendando uma visita guiada ou também pode assistir aos inúmeros espetáculos durante o ano. Programe-se, pois os ingressos são bem concorridos. O teatro fica no 9˚arrondissement, pertinho das Galeries Lafayete e Printemps.

7. Roda Gigante

Sim, a tradicional roda gigante de Paris com seus 70 metros de altura, montada sempre na Place de la Concorde no mês de novembro, para comemorar as festas de final de ano é um símbolo da cidade há mais de 20 anos. Infelizmente ela deixou de ser montada em 2018 por uma decisão da prefeitura de não renovar o contrato com Marcel Campion, idealizador da roda gigante. E por que coloquei como ponto turístico? Porque gerou uma polêmica imensa na população de Paris e, quemm sabe, depois desses tempos tão difíceis, não volte a girar por lá, proporcionando vistas sensacionais da Champs Elysées…

8. Arco do Triunfo

Tenho certeza que muitos vão dizer que não têm vontade de conhecer o Arco do Triunfo, pois fica muito distante, tem muita gente, não é tão grande assim, fica numa avenida super turística e com restaurantes ruins em volta. Eu te garanto que, se você pensa dessa forma, se enganou!

O Arco do Triunfo é um momumento construído em comemoração às vitórias militares de Napoleão e foi inaugurado em 1836. Ele está centralizado em uma estrela de 12 pontas que são as ruas que chegam ali, está próximo à Avenue Foch, uma das mais bonitas de Paris e com residências milionárias, além de abrigar inúmeros restaurantes estrelados.

O monumento tem 50 metros de altura e pode ser visitado internamente. A vista de cima é lindíssima! De lá você consegue ter uma vista panorâmica de Paris, com especial atenção à torre Eiffel, à Place de la Concorde e a La Défense.

Agora o mais impressionante: o arco está na Voie Royale ou no Axe historique, que é uma linha reta de monumentos que vão do Louvre até terminar no Arco do Triunfo.

9. Museu do Louvre

Esse é o maior e mais icônico museu de arte do mundo. Quando alguém te fala que você precisaria de dois ou três dias para conhecê-lo, eu te garanto que você precisa de muito mais que isso. O museu é muito mais que a Mona Lisa, a Vênus de Milo e São João Batista. Ele abriga obras de arte importantíssimas que marcaram e nortearam gerações, uma história da humanidade completa, além da arquitetura e das vistas do lado externo. É turístico? Super! Mas vale cada minuto passado ali. É um investimento para a vida.

10. As pontes de Paris

Último deste post, mas não menos importante é a vista de cada uma das pontes de Paris e a sensação de estar sobre o rio Sena. O vento gelado que refresca no verão e corta o rosto no inverno, a arquitetura e a história de cada uma delas e a vista, ah, a vista dessas pontes é uma coisa impressionante. Eu poderia passar meses indo e vindo em cada uma. A minha preferida? Aposto que muitos vão pensar que é a Alexander III, a Pont Neuf ou a Pont des Arts, as mais famosas. Então, a minha favorita é essa primeira aí abaixo, meio desconhecida, a Petit Pont, com apenas 32m de extensão, mas que proporciona uma vista sensacional para a Notre Dame!

Sim, eu sei que tem muito mais. E, quando você começou a ler esse post, eu te avisei… são milhares de pontos turísticos e, assim como eu precisaria de dezenas de posts para relatá-los, você vai precisar dar um pulinho em Paris dezenas de vezes para visitar um por um.

Conheça meus amigos!

Este texto faz parte de uma blogagem coletiva do grupo Crescendo Juntos. Conheça também as dicas sobre outras atrações ao redor do mundo!

19 pensamentos

  1. Adorei o seu post. Já fui a Paris e reviver a cidade com os seus 10 pontos turísticos para visitar em Paris foi bom demais. De todos o único que de facto não conheci foi o Le Jardin du Luxembourg. Quem sabe se da próxima vez que visitar a cidade, consiga visitar.

    Curtir

  2. Fico pensando por onde vou começar quando for a Paris. Teu post já deu uma boa ideia de roteiro, cada lugar incrível para visitar em Paris, adorei.

    Curtir

  3. Amei seus 10 pontos turísticos para visitar em Paris! Sou suspeita para falar né? Eu simplesmente sou apaixonada pela cidade! Compartilhamos o mesmo gosto pela Opéra e Jardins de Luxemburgo!

    Curtir

  4. Ler seu post me fez viajar no tempo, só estive na cidade Luz em 2012 e minha vontade de voltar aumentou! Ótimas dicas de pontos turísticos para visitar em Paris! ☺️

    Curtir

  5. Maravilhoso este post. Meu sonho desde criança é ir a está cidade. E tenho certeza que irei. Estes dias andamos na roda gigante de Campos do Jordão e eu brinquei que prefiro a de Paris rsrs. Já vi alguns vídeos no YouTube sobre onde se hospedar, quanto levar. Ano passado pesquisamos antes da pandemia. Otimo post e dicas.

    Curtir

  6. Luís, amei esse post sobre 10 pontos turísticos de Paris. Posso te contar um segredo? Já andei de roda gigante em Londres 2 vezes e nenhuma em Parrí. E graças ao seu post que fiz essa reflexão. hahahah. Vou ter que providenciar isso da próxima vez que voltar. Parabéns pelo post, e obrigada por compartilhar. Beijinhos

    Curtir

  7. Eu amei que você colocou confeitarias como pontos turísticos! Eu ainda não fui à Paris, mas conheço alguns lugares da França e se tem uma coisa que encanta são os doces! Realmente é ponto turístico! hahahah

    Curtir

  8. A Franca eh o pais mais visitado do mundo com razao, ne? Paris eh mto linda.. essa 1a foto da torre, mto bonita! =DDD

    Curtir

  9. Paris é linda demais e seu texto me fez viajar de volta para lá! Que saudade de viajar por esse mundão! Gostei muito de todas as dicas e achei bem bacana que incluiu as confeitarias na lista, realmente faz parte da tradição deles.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s