Como Comprar Passagens Baratas

Essa é uma pergunta que vale 1 milhão de dólares, mas vou te responder aqui totalmente “de grátis” rsrsrs.

Resolvi escrever esse post iniciando minha série dos “COMO”. Essa série é um série infinita e definitiva aqui para o blog. Não tem data para terminar e vai rolar um post novo toda vez que surgir aquela dúvida intrigante que você pesquisa e pesquisa na internet e nem sempre acha uma resposta convincente.

Eu, pelo menos, pesquiso a valer algumas coisas e percebo que tem muita enrolação, muito repeteco e muita gente querendo vender algum produto antes de responder. Mas é claro que tem muita gente séria também! Ainda bem!!

Bom, para não ser mais um post desses enrolations, já vou logo colocando a dúvida que muita gente que conheço me pergunta:

Luiz, como você consegue viajar tanto? Você deve ser milionário para viajar tantas vezes por ano e ainda levar a tropa toda em muitas dessas suas viagens…

Então, a primeira coisa que eu preciso te contar é que não sou milionário e não ganho 1 centavo de patrocínio para fazer minhas viagens (não seria nada mal, aliás, mas ainda não estou nessa fase…). E sim, viajo muitas vezes por ano. A cada final de semana, feriadinho ou férias, não perco tempo. Já solto as asinhas e vôo longe! Às vezes longe mesmo…

Já cheguei a fazer quase um bate-e-volta para Nova York, por exemplo, só para passar um final de semana.

E aí volta a questão… mas como você consegue? Ganhou na mega sena? A resposta é não… nem jogo, não tem nem como ganhar.

Bom, como eu consigo então um feito desses?

Pesquisando, pesquisando e pesquisando TODOS os dias, em diferentes horários. Todos os dias mesmo! É um dos meus hobbies. Eu não canso de fazer isso em qualquer intervalinho que eu tenha (de verdade!).

Sabe aquela história que você precisa pesquisar com janela anônima porque os sites de viagens ficam te rastreando o tempo todo? Então… balela… não pesquiso em janela anônima não e até gosto quando eles me rastreiam, porque assim não preciso ficar digitando minha pesquisa infinitas vezes…

Bom, mas aí vem aquela outra história de que o site “sabe” que você quer comprar e vai aumentando os preços até que você fique com medo e compre de uma vez.

Outra balela… vou te ensinar a dica de ouro!

Eu quase NUNCA tenho destino certo. Eu pesquiso diferentes destinos, às vezes em diferentes datas (quando não são feriado) de ida e volta. Dessa forma, eu duvido um site que consegue rastrear (e entender) para onde e quando eu quero viajar. Ah, e outro detalhe: já pesquise o número de pessoas certo, porque é muito comum ter promoções para 1 única pessoa. Aí, quando você se convence e quer fechar a compra para o casal ou para a família toda o preço muda abruptamente. E aí, depois que você convenceu a galera toda sobre o destino, vai ter que comprar essa mesmo…

A questão é que eu realmente não tenho destino. Aceito viajar para praia, campo, neve, cidade, viagem de aventura, resort de família, destino histórico, destino cultural. Independente de onde, o que eu quero é curtir e pagar barato (ou pagar barato e curtir).

Eu defino um período de viagem e começo minhas buscas. Uso TODOS os sites e APPs que você pode imaginar, inclusive os sites e APPs das companhias aéreas. Eu rastreio os vôos e vou buscando rotas específicas, por vezes alternativas, com escalas, com horários não tão agradáveis…

Não adianta achar que vai conseguir facilmente uma promoção para Buenos Aires, saindo na quarta-feira à noite antes de um feriado de quinta e voltando no domingo à noite. Esquece, não vai rolar! Agora tenta sair na quarta de manhã ou na quinta à noite (tá bom, perde um dia, mas muitas vezes compensa). Tenta voltar na segunda de manhã, caso você possa negociar isso no trabalho, ou perca o domingo e volte no sábado à noite.

A questão que estou respondendo aqui é COMO COMPRAR PASSAGENS BARATAS. Eu nunca disse que ia te responder como comprar passagens baratas em altíssima temporada para lugares incríveis em executiva e vôo direto, disse??

Então, aí está a questão…

Tenho um amigo que SEMPRE paga muito mais que eu nas passagens, pois ele só aceita voar sem escala e em dias específicos. Viajamos em uma mesma época para o mesmo lugar e ele pagou 40% a mais em um vôo porque o dele era direto e o meu tinha uma escala de 4 horas. E daí? Eu ADORO aeroporto. Adoro ver aviões, observar a emoção das pessoas indo e vindo, gosto de sentir o cheiro de querosene do abastecimento (para mim é o cheiro que me diz que uma viagem está próxima). Gosto do movimento dos pilotos e comissários pelo saguão. Gosto até de ouvir os anúncios de última chamada, sabe?

Daí, se você estiver disposto a pesquisar muito, a abrir mão de um destino específico, de uma data ou horário específico, de fazer uma escala (às vezes longa, inclusive – tem vezes que até prefiro uma escala longa… dá para conhecer um lugar que nem estava no programa) e também consegue descansar no avião e se alimentar dentro dele sem muitas reclamações, tenho certeza que você vai ser um viajante frequente que consegue viajar ainda muito mais do que eu!

Eu acho incrível sair de São Paulo no vôo das 23h55 e pousar em NY às 6h30, rumar para os arredores do Central Park para tomar um bom café da manhã, bater perna por ali e esperar até o horário do check-in.

E o que eu faço com as malas? Ahhhh… isso é uma resposta para outro post… Vem comigo!

2 pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s